Como usar a régua de relacionamento de forma estratégica

Uma régua de relacionamento bem planejada e executada pode potencializar seus resultados. Saiba mais e veja como utilizá-la de forma estratégica e eficaz.


A régua de relacionamento surge como excelente ferramenta de marketing e vendas para empresas na era digital. Em um mercado cada vez mais competitivo e instável, conquistar um relacionamento duradouro com os clientes é uma das maiores medidas do sucesso de um negócio – e fonte de maiores lucros.

Nesse ambiente muitas empresas têm alcançado ótimos resultados na atração, retenção e fidelização de clientes adotando a régua de relacionamento em suas estratégias.

O que é a régua de relacionamento?

A régua de relacionamento é uma ferramenta estratégica que procura identificar e organizar a melhor forma, o melhor conteúdo e o melhor momento para abordar o cliente durante sua jornada para conduzi-lo até a conversão.

Ela permite estruturar passo a passo todas as ações realizadas para manter uma comunicação constante com o consumidor e atingir esse objetivo.

Não importa em qual fase o cliente estiver no funil de vendas, a régua de relacionamento ajuda a realizar abordagens e interações personalizadas em uma sequência lógica para cada perfil e situação.

Qual a importância da régua de relacionamento no Contact Center?

Estabelecer um bom relacionamento com o cliente é uma questão de sobrevivência para qualquer empresa nos dias de hoje.

A concorrência é grande, os consumidores têm muitas opções de escolha, além de uma enorme diversidade de canais para interagir e procurar informações.

Nesse cenário, a régua de relacionamento destaca-se na construção de relações mais sólidas e estratégicas do Contact Center com o público.

Isso porque ela traz uma grande oportunidade: trabalhar de forma altamente segmentada com regras claras e pré-definidas. Assim é muito mais fácil visualizar e prever os possíveis movimentos do consumidor durante a sua jornada.

Dessa maneira, a ferramenta é muito útil no desenvolvimento de estratégias mais assertivas, que exploram cada estágio da jornada do cliente da melhor maneira possível.

A longo prazo isso reflete em maiores taxas de retenção e fidelização, bem como melhores resultados nos lucros e criação de valor para marca.

Quais as vantagens de utilizar uma régua de relacionamento?

Algumas das maiores vantagens que a régua de relacionamento pode trazer para seu negócio são:

1) Maior taxa de engajamento

Enviar mensagens relevantes para os clientes faz com eles vejam você como uma referência e conectem seu negócio a valores positivos. Um conteúdo útil para o público chama sua atenção, provoca um maior engajamento e deixa marcas na memória.

2) Aumento da taxa de conversão

Os leads bem nutridos de acordo com uma régua de relacionamento estão mais propensos a fechar negócio. Quanto mais adequada for a abordagem e a mensagem, melhores serão os resultados.

3) Maior fidelização do cliente

Um cliente satisfeito sempre volta. Uma régua de relacionamento permite criar  regularidade nas interações. Saber que pode sempre contar com sua presença e suporte dá mais credibilidade ao seu negócio. Assim surgem relacionamentos mais sólidos e rentáveis.

Como montar e usar estrategicamente uma régua de relacionamento

Antes de mais nada é preciso definir a ordem das ações a serem tomadas. Nesse momento ajuda muito se você fizer o mapeamento da sua jornada de cliente.

Colocar-se no lugar do consumidor é essencial para conhecer todo seu percurso dentro do funil de vendas. Esse levantamento vai permitir visualizar com clareza os pontos de atrito e as oportunidades que surgem.

Foco na experiência do cliente

Cada ponto de contato deve ter uma estratégia específica, de acordo com as necessidades de cada segmento de negócio. O objetivo principal deve ser a criação de relacionamentos inteligentes através da melhoria da experiência do cliente.

Imagine um consumidor que acabou de assinar sua newsletter e tornou-se um lead. Você pode enviar um e-mail de boas-vindas explicando sua política de envio de mensagens e o conteúdo que ele irá receber. Dessa forma ele pode escolher se deseja manter ou não contato com sua empresa, mantendo uma imagem positiva.

O pós-venda

Outra ação que também gera uma boa percepção é o envio de uma mensagem de agradecimento pela compra. No caso de um e-commerce, essa interação pós-venda deve oferecer uma forma de confirmar o recebimento, enviar o código de rastreamento, bem como a nota fiscal.

Desistências

O abandono do carrinho de compra também gera diversas chances de interagir de forma inteligente. Você consegue enviar um e-mail lembrete sobre os itens que o consumidor deixou para trás e convidar para voltar ao site. Ou pode ainda perguntar o motivo da desistência e até personalizar ofertas na hora, de acordo com o histórico do cliente.

Datas comemorativas

Há ainda as oportunidades de contato nas datas comemorativas do varejo com o envio de promoções exclusivas e os contatos para parabenizar o cliente pelo aniversário.

Oportunidades de longo prazo

Produtos com ciclo de vida longo também oferecem oportunidades únicas. Eles possibilitam criar uma régua de relacionamento para o suporte de acordo com o ciclo, informando sobre atualizações, tempo de revisão, etc.

Como você pode ver, montar uma régua de relacionamento permite elaborar uma série de estratégias inovadoras para converter mais leads, satisfazer os clientes e gerar valor. A sua criatividade é o limite.

Conclusão

A régua de relacionamento pode fazer toda a diferença na construção de relacionamentos inteligentes e duradouros.

Ela permite criar abordagens customizadas, na hora certa, no lugar certo. Assim atrai, retém e fideliza por meio de uma experiência do cliente inigualável.

Para as empresas a régua de relacionamento traz otimização de recursos, tempo e trabalho, assim como maiores lucros e valor para a marca.

Portanto, com uma boa estratégia de régua de relacionamento seu negócio pode atingir a excelência no atendimento, bem como melhores resultados.

Se você deseja saber mais sobre esse assunto talvez se interesse em ler nosso post Os 4 principais fundamentos da experiência do cliente.