O que é ia, ai, ou inteligência artificial?

Mais conhecida pela sigla AI, do inglês Artificial Intelligence, a inteligência artificial passou de conceito de ficção científica para a realidade cotidiana.


A inteligência artificial deixou de ser somente um conceito abstrato ou algo que poderia acontecer no futuro. Em 2018 ela já é uma realidade. A maioria das grandes marcas como Apple, Google, Netflix e Amazon estão utilizando a AI como nunca antes e as médias e pequenas empresas também embarcam nessa tendência à medida em que essa tecnologia fica mais acessível. Os números confirmam: 15% das empresas em todo o mundo já utilizam AI e outras 31% afirmam que pretendem começar a utilizar até o final desse ano.

 

Como o próprio nome indica, o significado e a finalidade da inteligência artificial é a emulação de um “cérebro” em máquinas, através de softwares, de modo que elas possam tomar decisões de forma autônoma. Uma máquina programada para utilizar a AI possui a capacidade de escolher entre opções pré-selecionadas qual é a melhor. Para isso ela se baseia em dados que são constantemente atualizados pelo próprio sistema. Como o ser humano, ela evolui e aprende com a experiência e na medida em que esse banco de dados cresce, o que torna suas decisões cada vez mais complexas e acertadas.

 

A AI possui diversos ramos de aplicação, como por exemplo o reconhecimento de voz, reconhecimento de imagem, biometria e machine learning (aprendizado de máquina). Você mesmo já deve ter usado a inteligência artificial hoje em algum momento, no seu celular, laptop ou automóvel. Todos os dias surgem novas tecnologias na área e novas aplicações. Pesquisas indicam que em poucos anos a maioria das interações de atendimento será realizada com ajuda de um bot ou agente virtual baseado em AI.

 

Para empresas e marcas, soluções como essas podem potencializar as vendas e otimizar recursos humanos e financeiros com a automatização de processos de trabalho rotineiros e repetitivos. Mais ainda, a inteligência artificial pode fornecer insights valiosos sobre tendências de mercado e sobre o comportamento e as expectativas dos consumidores.

 

Atualmente já existem no mercado diversas soluções de gestão de relacionamento que incorporam a AI e permitem desenvolver uma experiência de usuário personalizada, bem como trazer resultados para os negócios. Mas isso só acontece quando as soluções de inteligência artificial encontram seus melhores usos e práticas, simulando o mais próximo possível uma interação fluida com um atendente humano. E também quando se tem a ferramenta certa.

 

É preciso ainda foco e comprometimento em estudar e atender as expectativas do novo consumidor. Agilidade, praticidade e eficiência devem estar cada vez mais unidas em favor de experiências autênticas e personalizadas. E contraditoriamente, quanto mais as tecnologias de inteligência artificial evoluírem, menos elas serão percebidas. Nesse cenário, empresas e marcas que investem na sua transformação digital saem na frente. Ao incorporar novas práticas e a AI em suas operações elas obtém melhores resultados, bem como criação de valor, unindo a inteligência de suas equipe com a inteligência artificial. Os resultados nos negócios vêm naturalmente.

17 de setembro de 2018